Cresce investimento em coaching nas corporações

Pesquisa inédita da Meta Executivos indica que outras camadas da hierarquia também começam a receber coaching

Pesquisas
19 de Janeiro
0
comentários

O coaching começa a se consolidar como ferramenta de desenvolvimento de pessoas nas organizações, especialmente para posições de liderança. Esta foi uma das indicações de estudo inédito conduzido pela Meta Executivos, divisão do Grupo Meta RH, consultoria especializada em Executive Search e Desenvolvimento Organizacional, com mais de 500 profissionais de Recursos Humanos de nível gerencial e de diretoria.

Mais da metade dos respondentes (54,35%) — ver gráfico 1 — informou que para o desenvolvimento de suas lideranças utilizam um mix de programas de treinamento (41,3%) e coaching (21,74%). Além destas duas principais ações, os profissionais de Gestão de Pessoas também indicaram a aplicação de programa de mentoria, feedback e outros programas de liderança.

Um ponto a se destacar no estudo foi um número não muito grande, mas preocupante (4%) de empresas que não fazem nenhum tipo de investimento em treinamento e desenvolvimento. Na opinião de Claudia Cunha, diretora executiva de Desenvolvimento Organizacional do Grupo Meta RH, “essas organizações ainda não se deram conta da importância de se ter um quadro de colaboradores capacitado para enfrentar os desafios do mercado. Com o tempo, elas tendem a ficar para trás”.

Outro ponto importante identificado na pesquisa foi que o coaching já não é restrito apenas à alta cúpula da organização, embora mais de 70% dos respondentes terem indicado que esse público ainda é prioridade para o investimento nesse tipo de programa. Entretanto, quase metade dos entrevistados (46,34) já aplicam coaching para gestores em nível de média gerência e 14,63% para trainees (ver gráfico 2).

Embora a pesquisa tenha apontado o crescimento dos programas de coaching nas organizações, ele ainda não é tratado como um programa contínuo dentro da estratégia de Educação Corporativa. Apenas 17,78% das respostas apontaram o coaching como um programa corporativo e 82,22% informaram que é aplicado de forma pontual.

Fonte: Meta News

Por Vanderlei Abreu

Enviar para um amigo